Fixo (11)2684-1188 / 2958-8056


Mamãe Syrin (ex-aluna).


O que falar do Colégio Futuro?

Entrei no colégio em 1992, quando eu tinha 7 anos de idade.

Estudei durante 11 anos. Sim! O Colégio Futuro foi minha segunda casa.

Eu adorava o Colégio: os professores, funcionários, diretores (ahhh!! os diretores, com quem tanto meu pai brigava por desconto, pois éramos em 3 irmãos no Colégio).

Uma vez, no terceiro ano, meu pai resolveu nos tirar do Colégio e colocar em uma escola estadual. A Dona Gigi (que Deus a tenha) brigou com meu pai dizendo que ele não iria nos tirar de lá e que, se ele tirasse, iríamos voltar com certeza em alguns dias (foi uma briga e tanto, pois ela gostava muito de mim e de meus irmãos).

E não é que voltamos? Ela nos recebeu novamente com muita alegria e um abraço forte.

Sempre fui tratada como se eu fizesse parte da família de cada um.

O tempo foi passando e finalizei meu último ano com um aperto no coração, afinal, foram 11 anos ali, todos os dias vendo as mesmas pessoas.

Mas esta etapa tinha chegado ao final e, em breve, outra começaria.

Tive meu primeiro filho e, em 2016, quando ele estava com 3 anos de idade, resolvi procurar uma escola para fazer sua matrícula. E é claro que lembrei do Colégio Futuro.

Quanta emoção, após 13 anos, voltar ao Colégio onde eu estudei e fazer a matrícula do meu filho!

E lá estavam todos os diretores e, também, alguns professores que me viram crescer.

Naquele momento tive a certeza que meu filho estaria em boas mãos. Sem dúvidas! Pulei de alegria.

Sempre trataram meu filho super bem, aliás, tratavam ele como seus netos, seus filhos.

Neste ano de 2020 matriculei meu filho caçula.

Infelizmente com essa pandemia, ele não aproveitou muito a escola, mas as aulas on-line, que por sinal, estão sendo excelentes, ele quer fazer todos os dias.

Para mim é muito gratificante ver meus filhos no Colégio Futuro, onde cresci e aprendi.

Confio de olhos fechados, pois eles fazem o melhor para os nossos filhos.

O Colégio Futuro é um verdadeiro ambiente familiar, onde todos são tratados por igual e sempre que precisar eles te estendem as mãos.

Por isso agradeço a todos do Colégio Futuro, por terem cuidado de mim e de meus irmãos, e hoje, cuidarem do meus bens mais preciosos: MEUS FILHOS.

(Relato da ex-aluna Syrin Mohamad Ali Hammoud e mamãe dos alunos Samed e Ali)